Entre militâncias e letramentos: produção cultural, artivismo e jovens feministas

Renata Saavedra


Resumo: Apresento aqui uma cena de coletivos de jovens artistas e produtoras culturais cujos trabalhos divulgam ideias feministas e antissexistas e que atuam na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Para analisar o papel político dessas agentes no movimento feminista junto às jovens, exploro a interseção entre artes urbanas e militância feminista, e o espaço de tais artes como estratégias comunicativas dentro do amplo universo dos feminismos contemporâneos.
Entendo que a manifestação artística e cultural pode se realizar não apenas como a ilustração de uma prática militante que lhe é anterior ou exterior, mas pode constituir a própria militância. É com isso em mente que analisarei como os
coletivos em questão agenciam transformações micropolíticas e atualizam os feminismos contemporâneos, e em que medida podemos pensa-los como espaços de formação feminista. Mais do que analisar as imagens e sons produzidos
por essas militantes/ artivistas como uma mensagem política acabada, interessa-nos acompanhar a própria imersão no universo da arte urbana como um processo de letramento.

Link: http://www.en.wwc2017.eventos.dype.com.br/resources/anais/1498853199_ARQUIVO_Entremilitanciaseletramentos_Textocompleto.pdf